Mentiras que te contam sobre a cannabis! – FAVO TECNOLOGIA DE HORTAS AUTOMATIZADAS LTDA.

Mentiras que te contam sobre a cannabis!

A cannabis é uma planta cheia de mitos e inverdades por trás dela, mas hoje separamos algumas das mentirinhas que contam por aí sobre essa planta milenar!

Cannabis vicia!

Não podemos negar que qualquer coisa em excesso é praticamente um vicio, assim como café, açúcar, álcool, mas o vício com cannabis é algo que é difícil de ser comprovado até mesmo cientificamente, isso porque se comparado ao tabaco, os índices são bem menores, principalmente pelas substâncias encontradas em todos esses exemplos que demos.

Por outro lado, alguns especialistas dizem que os usuários da maconha podem sim desenvolver uma dependência, ainda que leve.

É a droga mais consumida no mundo todo.

Se formos levar em consideração apenas as drogas ainda não legalizadas, de fato a cannabis ganha. Mas se formos englobar todos os tipos de substâncias, ela perde feio, principalmente se comparada ao álcool, ao cigarro e até mesmo comparada a medicamentos. 

Segundo o Relatório Mundial de Drogas de 2018, no mínimo 192 milhões de pessoas deram uma tragada em algum baseado em 2016.

O mais intrigante é que mesmo com essa quantidade enorme de usuários pelo mundo, nunca ouvimos falar de sequer uma morte ligada diretamente aos efeitos da planta. Estão esperando o que para legalizar né?

A cannabis causa danos cerebrais

Essa história sobre a cannabis é uma das maiores historinhas para dormir, sem dúvidas, falarem por aí que ganja destrói os seus neurônios é maior mentira já contada! Algumas matérias apontam que, de fato, a planta age no cérebro e muda muita coisa quando comparado à uma pessoa que nunca deu um dois na vida. No entanto, nenhum estudo indica, por exemplo, a morte de neurônios, ela pode alterá-los mas não matá-los.

A cannabis é a porta de entrada para outras drogas

Essa é outra história sem base alguma que é destilada por pessoas que agem com preconceito e ignorância! Não há nenhum registro ou comprovação cientifica que afirme esse pensamento. É o mesmo que dizer que começando no chopp com os amigos, com o passar do tempo você estará nos destilados. Sem sentido algum né?

A cannabis desencadeia quadros psicóticos no usuário

Isso não acontece com uma pessoa saudável e que já tenha idade suficiente para começar a fumar (algo por volta dos 21 anos). Os principais efeitos da erva são de relaxamento, sensação de felicidade extrema, risos descontrolados e fome. Mas caso você fume e esteja preocupado com outras coisas, pode ser sim, que a planta desencadeie algum tipo de preocupação e até mesmo ansiedade.

Caso a pessoa já tenha certos transtornos mentais e/ou predisposição para desenvolvê-los e abusar de substâncias, não só de cannabis, mas também com o álcool, ela pode enfrentar esse tipo de problema. Por isso, o usuário deve atentar a sua condição de saúde em primeiro lugar e estar sempre alerta com os sinais que o seu corpo dá.

Sempre existiram diversos mitos e especulações sobre a cannabis, ligados ao preconceito e a interesses políticos e preferem manter dessa forma ao invés de estudarem e descobrirem de fato todas as propriedades, riscos e benefícios da planta. Visto isso, nos resta acompanhar de perto todas as descobertas feitas e repassar para vocês tudo sobre essa plantinha com tantas qualidades.