Dica: Como cultivar o alecrim dentro de casa?

O alecrim é tudo de bom. Além de dar um aroma sensacional nos pratos, ele contém vitaminas A e do complexo B, e minerais como potássio, fósforo e cálcio. É antioxidante, antimicrobiano, facilita a digestão e ajuda na circulação sanguínea.
Se você já leu o nosso post sobre o alecrim, sabe que ele veio lá do mediterrâneo, que é uma região com muito sol, verão quente e seco, e inverno frio e úmido. Por isso que é difícil cultivar o alecrim dentro de casa, mas não impossível!

Normalmente as pessoas não conseguem fazer o alecrim sobreviver pelas seguintes razões:

  • Falta de sol
  • Regar demais a sua plantinha
  • Doenças causadas por fungos
  • Pragas

Falta de sol se resolve com sol!

Gente, não tem jeito. O alimento das plantas é a luz, então você deve deixar seu vasinho de alecrim em um lugar da sua casa onde pegue mais luz possível, pelo menos 6 a 8 horas de sol. Se notar que seu alecrim não está recebendo a quantidade devida de luz, e não tiver outro lugar, você pode improvisar com uma luz artificial.

Como regar?

O alecrim é uma planta que se adaptou no seu lugar de origem, que tem um verão muito seco, por isso não gosta muito de água. O ideal é preparar bem o seu vaso para ter uma boa drenagem. Recomenda-se a utilização de 1/3 de terra comum, 1/3 de composto orgânico e 1/3 de areia grossa lavada, além de colocar na base do vaso uma camada de material de drenagem (argila expandida, pedriscos, etc) para evitar acúmulo de água, que causa o apodrecimento das raízes. Lembre-se: após o plantio da muda, deixe o alecrim fora de luz direta durante umas 3 semanas, até seu alecrim ficar mais forte.

Fungos…

Como toda planta, o alecrim também está suscetível a fungos, mas dentro de casa esse risco aumenta, já que não tem tanta circulação de ar, como em um ambiente externo.
Então, tente deixar o seu vaso em um lugar onde tenha uma boa circulação de ar e, sempre que puder, deixe as portas e janelas abertas.

E as pragas?

Se tiver algum bichinho enfraquecendo seu alecrim, tente identificar o que é e achar uma solução que seja orgânica, antes que ele fique muito enfraquecido. Afinal, o alecrim é uma delícia, e sem agrotóxicos é ainda melhor.

Depois de 90 dias do plantio, você já pode desfrutar de tudo que o alecrim pode oferecer para você. Com essas dicas já dá pra arriscar ter um vasinho com alecrim em casa, né? E sem desculpas de espaço. Com bastante carinho, seu alecrim vai crescer saudável, mesmo dentro de casa.

Esse post foi feito a pedido da Luana Ferreira, espero que você tenha gostado. E se usar essas dicas, manda o resultado pra gente!

Raissa Rodrigues

Raissa Rodrigues

Diretora Financeira em Favo
Graduanda em Engenharia Eletrônica, aspira a um mundo onde a tecnologia é usada apenas para o bem das pessoas. Ama música e acredita que a cura tem nome de comida, e não de remédio.
Raissa Rodrigues

Últimos posts por Raissa Rodrigues (exibir todos)

Compartilhe isso:
Posted in Dicas and tagged , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *